Como Calcular Decimo Terceiro Facilmente em Minutos

Todo trabalhador brasileiro quando passa da metade do ano começa a fazer planos sobre o que irá fazer com o seu decimo terceiro salário, mas será que todos sabem o que é de fato e como calcular decimo terceiro facilmente em minutos?

Este é exatamente o propósito desse artigo, ou seja, explicar como é fácil fazer esse cálculo e assim poder planejar melhor:

  • Aquela viagem de férias tão aguardada;
  • Os presentes para a família que serão dados no Natal;
  • Quanto poderemos investir em aplicações ou poupanças;
  • Quantas dívidas poderão ser pagas no momento do recebimento do décimo terceiro;

O que é o Decimo Terceiro?

A primeira coisa que devemos ter em mente é que apesar de ser considerado um benefício para o trabalhador o decimo terceiro nada mais é do que um direito do mesmo, pois é o ajuste salarial anual.

Isso acontece porque sempre o empregado recebe após o mês trabalhado, então ao final do ano é necessário um novo salário para ajustar aqueles doze meses, podendo assim iniciar outro ano com os proventos devidamente quitados.

É, portanto, o pagamento de uma remuneração integral (um salário) no final do ano.

Vale lembrar ainda que este é um direito universal do trabalhador brasileiro consolidado a partir da Constituição Federal de 1988.

E eu Tenho Direito?

Todo trabalhador brasileiro com carteira assinada (com direitos e obrigações regidas pela CLT) tem direito ao décimo terceiro salário, seja pelo trabalho no campo ou na cidade.

Sendo assim, qualquer trabalhador nessas condições possui esse direito, devendo atentar para o fato de que o décimo terceiro também é proporcional ao período trabalhado. Mas como assim?

Simples! Se o trabalhador estiver num emprego de carteira assinada por doze meses então terá direito a este benefício, mas se trabalhou apenas dez esse valor será proporcional com os dois meses restantes de desconto.

Como Calcular Décimo Terceiro?

Como falamos mais acima, o décimo terceiro salário é uma remuneração integral paga no final do ano sendo a ela aplicada ou não descontos.

Vamos utilizar um exemplo para que o seu entendimento seja facilitado!

Supondo que Jorge foi contratado para ser atendente numa loja ?X?. E Jorge foi contratado exatamente no dia 01/02/2010 com uma remuneração mensal de mil reais.

Ora, se pegarmos a quantidade de meses trabalhados por Jorge em 2010 vamos entender que se trata de 11 (excluindo apenas janeiro que não foi trabalhado).

Portanto, 1000 (remuneração) ÷ 12 (meses) = 83,33 x 11 (meses trabalhado) = R$ 916,67.

Mas este ainda não é o valor que Jorge irá receber como décimo terceiro.

Caso existam horas extras trabalhadas, o empregador deverá somá-las, achar a média e adicionar ao valor para assim como calcular décimo terceiro.

Além disso, o valor de R$ 916,17 mesmo sendo um benefício esta sujeito a incidência de impostos, o que reduzirá o valor!

Geralmente os impostos aplicados são: INSS, FGTS e Imposto de Renda.

Descontos

Desconto pelo INSS

Esse desconto pode variar, mas geralmente corresponde a 8% do décimo terceiro.

Note que a contribuição previdenciária é obrigatória e deve ser checada pelo trabalhador para ver se o desconto foi devidamente pago.

Nesse caso basta utilizarmos o exemplo do Jorge que teria reduzido do seu décimo terceiro salário (R$ 916,17) 8% para o INSS. Logo sobrariam R$ 842,88.

Desconto pelo FGTS

O fundo de garantia por tempo de serviço também incide sobre o valor a ser pago ao trabalhador a título de décimo terceiro, e seu montante pode variar, mas em geral também é usada a alíquota de 8%

No exemplo que estamos vendo do Jorge, que trabalhou 11 meses em 2010 e que já teve o desconto do INSS, terá que descontar mais 8% do valor total por conta do FGTS.

Logo dos R$ 842,88 vão restar R$ 769,59.

Desconto pelo IR (imposto de Renda)

O décimo terceiro salário não esta livre da taxação pelo imposto de renda. Contudo, devemos entender quando a aplicação da taxa é isenta ou não.

Para isso devemos consultar o portal da receita federal e obter o valor mínimo anual daqueles que estão obrigados a declarar o imposto.

No caso de Jorge, para o ano de 2010, ano em que foi contratado, os salários que recebeu em onze meses ficam abaixo do mínimo exigido pela receita federal, com isso o seu valor é de R$ 769,59 não será mexido e depositado integralmente ao trabalhador.

Se por acaso os valores das remunerações de Jorge tivessem passado do valor mínimo estabelecido pela receita federal para o ano de 2010, ai então incidiria o devido desconto de acordo com a tabela divulgada no site do governo.

Resumindo…

Basicamente, como calcular décimo terceiro salário devemos pegar o valor da nossa remuneração dividir por 12 (quantidade de meses do ano) e multiplicarmos esse resultado pelo número de meses efetivamente trabalhaos. Descontando do principal os valores de INSS, FGTS e, se for o caso, do imposto de renda.

Mais artigos relacionados:

E então, já ficou a saber como calcular décimo terceiro, quer seja pelo INSS, FGTS ou Imposto de Renda (IR)?

Deixe nos comentários a resposta à ultima pergunta junto com alguma dúvida ou sugestão com que tenha ficado após ler o artigo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *